PROFISSÃO ANALISTA DE SISTEMAS

 

Resumo do cargo de analista de sistemas:

Estudam os sistemas empresariais, o fluxo de dados e a funcionalidade desejada pelo cliente e desenvolvem e implantam um novo sistema ou solução informatizada para aumentar a eficiência e produtividade das empresas.


Tarefas e responsabilidades.

  • Desenvolver sistema de informações ou escolher sistemas prontos disponíveis no mercado visando racionalizar os processos e rotinas de trabalho da empresa.
  • Identificar oportunidades de aumentar eficiência e produtividade dos processos empresariais através da análise e avaliação dos sistemas manuais, propondo novos métodos de realização do trabalho ou sua informatização.
  • Fazer manutenção dos sistemas quando solicitado pelos usuários.
  • Levantar necessidades do cliente e/ou usuário
  • Analisar os sistemas existentes no cliente.
  • Definir os requisitos e funcionalidade dos sistemas
  • Traduzir as funcionalidades desejadas pelo cliente em várias alternativas de solução para um projeto inicial de modificação ou de novo sistema.
  • Assegurar que o novo sistema esteja dentro do orçamento e do prazo planejado.
  • Assegurar um teste completo do novo sistema e que atenda às necessidades dos usuários.
  • Elaborar a documentação do novo sistema, incluindo os manuais dos usuários, operações e manuais técnicos da aplicação etc.
  • Treinar os usuários no novo sistema visando assegurar o correto funcionamento.
  • Implantar os sistemas desenvolvidos ou adquiridos.

Requisitos de formação e experiência do analista de sistemas.

  • Curso superior completo. Podem conseguir especialização através de cursos de qualificação.
  • Requer atualização contínua em novas tecnologias.

Habilidades necessárias.

  • Habilidade em projetar sistemas.
  • Saber gerenciar projeto.
  • Habilidade em solucionar problemas.
  • Excelente habilidade de comunicação oral e escrita.
  • Saber fazer uma boa apresentação de projetos.

Qualidades pessoais necessárias.

  • Raciocínio abstrato
  • Criatividade
  • Metódico
  • Raciocínio lógico
  • Capacidade de síntese
  • Senso analítico
  • Concentração
  • Flexibilidade
  • Saber trabalhar em equipe
  • Ter iniciativa
  • Capacidade de memorização
  • Capacidade de trabalhar sob pressão
  • Organização

programador-banner


Conhecimentos necessários ao analista de sistemas.

  • Conhecimento de plataformas de hardware e software de computador e de métodos de análise e programação.
  • Saber analisar requisitos, necessidades de automação, custos e benefícios.
  • Experiência técnica em rede de sistemas, banco de dados, desenvolvimento para web etc.
  • Experiência em gerencia de projetos com foco em resultados.

Formação Básica

  • Curso superior de base matemática. Exemplos: computação, Engenharia de sistemas, administração de empresas. Manter-se sempre atualizado com novas tecnologias.
  • Bons conhecimentos em inglês.
  • Fazer cursos de pós-graduação em ciência de computadores ou uma combinação de cursos especializados com experiência relacionada.
  • As possibilidades de obter um emprego são boas.

Como é o local de trabalho?

Normalmente trabalham com um sistema específico de TI e muitas vezes supervisionam grupo de programadores e clientes em um projeto. Para cumprir os prazos de projetos algumas vezes é necessário que trabalhem à noite ou fins de semana.

Trabalham a maior parte do tempo sentados usando computadores e devem ter cuidados com doenças profissionais no uso repetitivo do teclado, uso dos monitores e postura ao sentar em frente a microcomputadores.

Trabalham normalmente em escritórios e podem viajar para atender clientes ou assistir palestras técnicas e seminários. Usam equipamentos normais de um escritório, hardware, software e manuais técnicos.

Normalmente utilizam um mobiliário ergonômico, ar condicionado, um software de auxílio a desenvolvimento, um microcomputador ou estação de trabalho com impressoras e equipamentos multimídia, linha telefônica, acesso à rede, internet e email.


Futuro da profissão de analista de sistemas.

Excelente futuro pois seu campo de atuação é muito amplo, podendo exercer suas atividades em indústria, comércio, serviços, agropecuária, governo, empresas públicas ou privadas. A  informatização da maioria das empresas e a constante  mudança de tecnologia mantém aquecido o mercado. Podem ser funcionários de empresas ou trabalhar como autônomo.


 

Visite CURSO DE PROGRAMAÇÃO CLIPPER


 

Posted in INFORMÁTICA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 1 =